Meu emprego sobreviverá à era digital?

Até recentemente, estudar uma carreira ou um ofício era suficiente para entrar no mercado de trabalho e se manter nele até a aposentadoria. Inclusive, nossos pais tiveram o mesmo trabalho durante décadas. No entanto, hoje essa realidade está desaparecendo aceleradamente e, com os avanços nas tecnologias e a entrada na era digital, muitos de nós estamos nos perguntando: meu emprego sobreviverá à era digital? Essa é a indagação de Diego Molano, onde no trecho a seguir colabora:

Na década de 1990, a Kodak tinha mais de 145 mil funcionários, controlava 90% do mercado de filmes fotográficos nos Estados Unidos e era fabricante de 85% das câmeras vendidas no país. A Kodak, a empresa que democratizou a fotografia, levando-a a todas as pessoas, decretou falência em 2012, após 124 anos de vida.

Atualmente, ela continua tentando sobreviver no mercado de imagem global, mas com apenas 7 mil dos 145 mil trabalhadores que tinha há 20anos. O que aconteceu com esses 138 mil trabalhadores que perderam seus postos de trabalho?

“Estiveram nos ensinando a fazer as unhas e penteados para que pudéssemos abrir um negócio. O objetivo é que aprendamos a fazer outras coisas que não câmeras, porque estas já não serão feitas em lugar algum”, disse ao El Economista uma das últimas funcionárias a abandonar a fábrica da Kodak em Jalisco, no México.

Alguns estudos apontam que, em 20 anos, 48% dos empregos serão feitos por robôs. Essas previsões são confiáveis? O emprego como conhecemos hoje será extinto?

Diego conversou com especialistas de opiniões divergentes e em resumo concluiu: “Os governos da América Latina e do Caribe devem aceitar que a transformação digital não é uma opção, preparar cidadãos para novos empregos no curto prazo e estabelecer um sistema de comunicação muito mais eficiente com a indústria e a academia. Se não o fizermos, perderemos a competitividade. Se fizermos esse esforço e nos comprometermos com isso, talvez não tenhamos que viver até o fim da era e nossos empregos serão capazes de sobreviver à era digital. ”

E você? Está se preparando para o que possa acontecer?