Já se perguntou por que você procrastina?

Esta procrastinação é diária? Seja sincero e responda para você mesmo…qual é o gatilho que faz com que você se sabote?

Para evitar a procrastinação, é importante não deixar para depois o que você poderia fazer agora. Prolongar demais seus prazos tira o seu foco do que deve ser feito.

Um erro muito comum de pessoas que não conseguem fazer uma boa gestão das atividades é procrastinar. Não te gera um total sentimento de fracasso?

Então, está na hora de criar hábitos e rotinas que te libertem! Não estou falando que será fácil, mas com a substituição de velhos hábitos por outro de melhor benefício, ajudará você a controlar as emoções e enfrentar os desafios diários.

Mas então, por onde começar?
? Comece definindo as suas tarefas diárias e destacando as prioridades.
? Tenha um calendário e marque as datas e prazos importantes. Todas as vezes que você estabelece prazos, você envia comandos intuitivos para seu cérebro que saberá que algo precisa ser completado naquele prazo.
? Faça uma atividade de cada vez. Se você tentar fazer tudo de uma vez, não conseguirá concluir nenhuma atividade, tudo ficará pela metade e isso pode cansar ainda mais sua mente.
? Organize seu ambiente de trabalho. Com um local organizado, você não perderá tempo procurando algo que precisa.
? Faça pausas. Mesmo com tantas atividades para serem concluídas, é muito importante entender que você também precisa de tempo para descansar. Uma pessoa com a mente e o corpo cansados não consegue produzir tão bem. É por isso que você precisa fazer pausas durante suas tarefas e nunca deve se esquecer de dormir bem todos os dias.
? Evite distrações. Deixar suas redes sociais logadas enquanto você trabalha online ou ficar o tempo todo conferindo no celular faz você perder o foco. Se estiver em home office, lembre-se de avisar a todos que moram com você que você está trabalhando. Assim, ninguém te interromperá durante uma atividade importante.
? Entenda o momento de dizer não. É muito importante saber dizer NÃO para algumas atividades que você considera “desnecessárias”. Lembre-se do item nº 1 e faça primeiro o que você tem programado, se sobrar tempo você pode fazer algumas atividades extras, porém, se não está na sua lista e você não está com tempo de sobra, diga NÃO! Se a atividade depende de você programe-a para sua agenda do próximo dia.